Câmbio

Dólar dispara com payroll forte enterrando chances de o Fed cortar juros em março

Atualizado 02/02/2024 às 17:06:09

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2023/12/cambio-dolar-real.jpg

[02/02/24] Da Redação do Bom Dia Mercado

O dólar fechou em forte alta frente ao real nesta 6ªF, acompanhando o ajuste da moeda frente aos pares no exterior e também o avanço dos juros dos Treasuries após a divulgação do payroll.

A geração de empregos muito acima do esperados nos EUA em janeiro e a revisão dos números de novembro e dezembro para cima praticamente enterraram as chances de o Fed iniciar o afrouxamento em março e colocaram maior dúvida sobre a possibilidade de o corte dos juros começar em maio.

Além do ajuste ao novo cenário externo, a alta da moeda por aqui também refletiu a migração de recursos estrangeiros do mercado local para a bolsa americana, atraídos pelos fortes resultados das empresas de tecnologia americanas.

Segundo dados da B3 divulgados hoje, os investidores estrangeiros retiraram R$ 7,9 bilhões da bolsa brasileira, a maior saída de capital gringo para o mês desde 2020, quando saíram R$ 19,157 bilhões.

O dólar à vista fechou em alta de 1,07%, a R$ 4,9683, após oscilar entre R$ 4,9083 e R$ 4,9763. Na semana, moeda subiu 1,17%. Às 17h02, o dólar futuro para março avançava 1,03%, a R$ 4,9805. Lá fora, o índice DXY disparava 0,86%, aos 103,930 pontos. O euro caía 0,72%, a US$ 1,0794. E a libra recuava 0,84%, a US$ 1,2638. (Téo Takar)

Veja Também