Mercados

Dólar cede e juros estão perto do ajuste, com exterior de lado em sessão de agenda fraca

Atualizado 06/02/2024 às 09:52:41

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2023/11/fluxo-cambial-dolar.jpg

[06/02/24] Da Redação do Bom Dia Mercado

O dólar cede na abertura, a R$ 4,9760 (-0,12%), em linha com pares emergentes, em cenário de petróleo em alta e medidas de estímulos sinalizadas pela China para apoiar os mercados em queda. O DXY sobe a 104,568 (+0,11%), tendo atingido 104,60 ontem, o maior nível desde 14/11.

O feriado do Ano Novo Lunar da China, na próxima semana, pode tornar o mercado mais relutante em manter posições vendidas em dólar. Os juros futuros longos recuam com a moeda, e os mais curtos e miolo estão perto do ajuste, enquanto os rendimentos dos Treasuries são estáveis. Ata do Copom mostrou que o comitê avaliou progresso desinflacionário, mas com “um caminho longo a percorrer”. Todos concordaram que era apropriado reduzir a Selic em 0,50 pp.

O Focus manteve praticamente todas as projeções da semana passada. Em sessão de agenda fraca, o mercado aguarda falas de vários dirigentes do Fed ao longo da sessão. Há apenas quatro semanas, um corte nas taxas em março era quase uma certeza, agora a chance e de -0,25 pp no 1TRI caiu para cerca de 10%. (Ana Katia)

Veja Também