Câmbio

Dólar cai em sessão de alta das commodities e leilão do BC

Atualizado 02/04/2024 às 09:29:36

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2024/01/dolar-4.jpg

[02/04/24] Da Redação do Bom Dia Mercado

O dólar bateu seu maior nível em cinco meses hoje após dados de ontem ajustarem para baixo as apostas em um corte nas taxas em junho pelo Fed, e intensificarem os temores de um BC “sem pressa” para começar o afrouxamento monetário.

Os receios de intervenção japonesa, por sua vez, abrandam ganhos face ao iene, mesmo quando os rendimentos longos do Tesouro dos EUA saltaram para a máxima de duas semanas. O Ministro das Finanças do Japão, Shunichi Suzuki, reiterou que não descarta opções contra movimentos cambiais desordenados.

Com o dólar estável (-0,02%) ante o iene, a 151,615/US$, o DXY subiu a 105,1, seu nível mais alto desde 14/11. Há pouco, cedia 0,10%, a 104,910 pontos. Dados de emprego podem pesar hoje se mostrarem uma queda nas vagas.

Aqui, a moeda reage também à alta das commodities e ao leilão de até US$ 1 bilhão em swap cambial às 12h30, 1ª intervenção do BC desde dezembro de 2022. No Focus, as projeções de inflação foram mantidas para 2024 (3,75%), 2025 (3,51%) e 2026 (3,50%). Em linha com os rendimentos dos Treasuries e o dólar a R$ 5,0421 (-0,34%), os juros futuros sobem cautelosamente. (Ana Katia)

Veja Também