Giro dos Mercados

Dólar cai com exterior aguardando que PPI confirme tendência apontada por CPI ontem

Atualizado 13/07/2023 às 09:26:58

A fraqueza do dólar é generalizada, especialmente ante pares, após inflação ao consumidor desacelerar nos EUA e sinalizar que os aumentos nas taxas de juros se encerrarão com apenas mais um aperto extra de 25 pb no fim de julho.

Dados do CPI de ontem detonaram a maior venda de dólares em um dia em cinco meses e deixaram a moeda em seu nível mais baixo em mais de um ano em relação ao euro, que caminha para seu sexto ganho diário a US$ 1,11, em +0,50%.

A libra também está em seu sexto dia de alta, tendo ultrapassado US$ 1,30 (há pouco US$ 1,30723), em +0,65%, pela primeira vez desde abril do ano passado. Nos Treasuries, os retornos cedem acompanhando a moeda, no aguardo que o PPI confirme a tendência. O DXY cai 0,34% (100,175).

Aqui, o dólar cede a R$ 4,8132 (-0,10%), com possível fluxo externo enquanto os juros sobem moderadamente, de olho nas negociações da pauta econômica em um Congresso de recesso. Logo mais o Tesouro realiza leilão de pré-fixados. O Ibovespa futuro subia há pouco 0,64%, aos 119.565 pontos. (Ana Katia)

Veja Também