Petróleo

Dados fracos da China limitam recuperação do petróleo; guerra e Fed continuam no radar

Atualizado 31/10/2023 às 08:41:51

[31/10/23] Da Redação do Bom Dia Mercado

Após a queda de 3% na sessão anterior, o petróleo continua abaixo dos US$ 90, mas se recupera, com o Brent/dez a US$ 88,00 (+0,63%) e o WTI/dez a US$ 82,71 (+0,49%. Os ganhos hoje têm apoio do dólar estável (DXY cede 0,15%, a 105,963), mas são limitados pelo receio de desaceleração da demanda na China, após o PMI falhar a previsão e cair abaixo do nível de 50 pontos, o que separa a contração da expansão.

Os índices de referência estão em vaivém há uma semana, chegando a subir ou cair mais de 2% numa mesma sessão, enquanto a guerra entre Israel e Hamas inunda os mercados de incerteza. Analistas veem a possibilidade de envolvimento direto do Irã na guerra como o principal detonador de preocupações com uma oferta mais restrita.

Sem qualquer interrupção no tráfego do óleo que se desloca nas águas em redor da zona de batalha, fica difícil manter um risco de guerra adicional para a commodity só pela proximidade. Os mercados também aguardam a reunião do Fed, mesmo já precificado que o BC vai manter as taxas de juro estáveis. (Ana Katia + agências)

Veja Também