Ibovespa

Dados de produção da Petrobras e recuo do minério pressionam índice

Atualizado 27/07/2023 às 11:14:14

O Ibovespa é pressionado nesta quinta-feira pelo desempenho dos papéis de empresas ligadas a commodities, que têm um grande peso no índice. As ações do setor petroleiro caem em bloco.

Petrobras ON (#PETR3) lidera as baixas do índice, com perda de 2,93% (R$ 33,45), e Petrobras PN (#PETR4) cai 2,35% (R$ 30,27). Empresa registrou queda na produção de óleo e gás no 2TRI. Prio (#PRIO3) recua 0,86% (R$ 45,20) e 3R Petroleum (#RRRP3) -0,42% (R$ 35,88), na contramão da alta da commodity.

O contrato para setembro de minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve queda de 1,91% (US$ 118,82), com baixa também no mercado à vista de Qingdao (-2,60%; US$ 114,16 a tonelada). Há pouco, em Cingapura, a matéria-prima subia 0,27% (US$ 111,25).

Na B3, ações do segmento estão entre as maiores perdas do índice. Vale (#VALE3) cai 1,87% (R$ 70,42) e CSN Mineração (#CMIN3) -1,12% (R$ 4,41). Usiminas (#USIM5) recua 0,40% (R$ 7,41); CSN (#CSNA3) -1,22% (R$ 13,78); Gerdau (#GGBR4) tem desvalorização de 1,79% (R$ 28,53); Metalúrgica Gerdau (#GOAU4) -1,40% (R$ 13,40). (Priscila Arone)

Veja Também