Morning Call

CPI e IPCA dividem protagonismo com Petrobras

Atualizado 12/03/2024 às 05:49:12

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2024/02/MC7-scaled.jpg

Por Rosa Riscala e Mariana Ciscato*

[12/03/24]

… Último grande indicador econômico antes da reunião do Fed, na semana que vem, o CPI de fevereiro sai às 9h30. Se exibir aceleração modesta, como se espera, deve endossar a percepção deixada pelo payroll de corte de juro em junho. Aqui, o IPCA de fevereiro (9h) pode mexer com as expectativas para o comunicado do Copom, na Superquarta (dia 20). Os negócios domésticos ainda continuarão sendo influenciados pela polêmica da Petrobras. A reunião de Lula com o presidente da companhia, Jean Paul Prates, e os ministros Alexandre Silveira, Rui Costa e Haddad não terminou como os mais otimistas esperavam, com a liberação dos dividendos extraordinários que foram retidos.

… Assim, no after hours em NY, o ADR de Petrobras operou sem euforia (0,75%) ontem à noite, após a entrevista de Silveira e Haddad, onde eles admitiram que esses recursos ainda poderão ser distribuídos, “em parte ou na totalidade, em algum momento”.

… Na coletiva, a informação de que a Fazenda deverá ter um assento no Conselho da Petrobras também ajudou um pouco, já que Haddad é a visto como o interlocutor de confiança do mercado financeiro dentro do governo do PT.

… Mas os sinais claros de interferência do Planalto na gestão da empresa não permitem que as ações recuperem as perdas acumuladas de 13% desde a última 5ªF. Petrobras vem caindo desde antes do balanço e da decisão sobre os dividendos.

… A certeza de que o presidente Lula não abre mão de recuperar a política de superinvestimentos da Petrobras, confirmada na entrevista para o SBT, se mantém como fator de incerteza para o investidor, que teme por um déjà-vu do que ocorreu no governo Dilma.

… Haddad e Silveira disseram que os dividendos extraordinários vão ficar no caixa da Petrobras, guardados em um conta remunerada, até que se tenha a certeza de que a sua distribuição não prejudique os planos de investimento da empresa.

… A lei das S/A veda o uso desses recursos para investimentos, mas parte do governo acha que não é bem assim e busca uma brecha. No mínimo, um caixa mais robusto pode dar mais solidez aos indicadores da empresa e facilitar novos financiamentos para investir.

… Ainda na entrevista ao lado de Silveira, Haddad admitiu que o Tesouro não reclamaria se recebesse dividendos extraordinários (até R$ 12 bi), mas que a decisão de reter esses recursos não prejudicará a meta fiscal.

… Isso porque a Fazenda só contava com os dividendos ordinários, afirmou o ministro da Fazenda.

… Por outro lado, o próprio Alexandre Silveira descartou uma demissão de Prates, afirmando que não passa de “grande especulação”.

… Já o presidente da Petrobras, em declaração antes de embarcar de volta para o Rio, confirmou que fica, mas que não fala mais sobre os dividendos. “Quem fala sobre dividendos é o ministro das Minas e Energia”, disse Prates.

… Só isso já é uma prova de ingerência política na companhia, assim como a fala de Lula ao SBT, afirmando que teve uma “conversa séria com a direção da Petrobras e vamos baixar o preço dos combustíveis e do gás de cozinha”.

… O tom político-eleitoral do presidente, que enfrenta uma baixa na popularidade, apareceu em outra declaração, quando voltou a criticar Campos Neto por causa da taxa de juros. “Não há nada além de teimosia desse cidadão para manter os juros nesse patamar.”

… O presidente ignora o fato de que dois diretores indicados por ele para o BC estão votando em sintonia com todo o colegiado.

IPCA – O reajuste de mensalidades escolares e aumento do ICMS sobre a gasolina devem pressionar a inflação oficial de fevereiro a 0,78% (mediana Broadcast), contra 0,42% em janeiro. O intervalo de projeções vai de 0,61% a 0,88%.

… Para o acumulado em 12 meses, a aposta indica desaceleração de 4,51% a 4,44%, abaixo do teto da meta (4,50%).

… O BC tem chamado particular atenção para a pressão dos serviços, que devem acelerar de 0,02% para 1,08%. Em contrapartida, os preços dos serviços subjacentes, que indicam tendência, devem perder fôlego (0,76% para 0,52%).

… O IPCA tem potencial de influência sobre as expectativas para o comunicado do Copom. O BC até aqui ainda vê como adequadas novas reduções da taxa Selic em 0,5pp nas “próximas reuniões”, no plural (março e maio).

… Mas Galípolo e Guillen já andaram levantando a lebre nas últimas semanas sobre o possível abandono da ferramenta do forward guidance, que “reduz o grau de liberdade de atuação do BC” e é um “esporte de alto risco”.

… Citando a dinâmica da inflação de serviços, o Itaú elevou ontem a projeção da Selic de 9,00% para 9,25%.

… Em meio às investidas populistas para recuperar a popularidade nas pesquisas, Lula disse que encomendou ao ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, e à Conab um conjunto de medidas para reduzir os preços dos alimentos.

META FISCAL – Técnicos do governo ouvidos pela Exame afirmaram que a equipe econômica já estimará um déficit fiscal equivalente 0,25% do PIB, ao invés de zero, no relatório bimestral de receitas e despesas, que sai dia 22.

… A previsão contraria o consenso no mercado de que a mudança na meta pode ficar para maio.

PERSE – Governistas trabalham para que os projetos de lei que tratarão do programa emergencial ao setor de eventos sejam de autoria do Congresso, e não do Poder Executivo, de acordo com fontes ouvidas pelo Broadcast.

… A decisão, que está sendo costurada entre líderes da base do Palácio do Planalto na Câmara, pode ser a saída para que o governo ganhe tempo até encontrar uma forma de compensar a perda arrecadatória com as medidas.

… Segundo a reportagem, se os projetos fossem enviados ao Congresso com assinatura do governo, já teriam que prever medidas compensatórias logo de início e a Fazenda seria obrigada a definir essa previsão nos próximos dias.

MAIS AGENDA – O Focus ficou para hoje (8h25), diante da operação-padrão do BC. Energisa solta balanço após o fechamento. Lá fora, saem o CPI de fevereiro da Alemanha (4h) e relatório da Opep. Bailey (BoE) discursa (12h15).

CPI NOS EUA – O índice de preços ao consumidor deve avançar 0,4% em fevereiro, na comparação com o mês anterior, acelerando de leve contra janeiro (+0,3%), quando desencadeou movimentos de fuga do risco em NY.

… Na comparação anual, há expectativa de um avanço de 3,1%, o que repetiria o resultado do mês anterior.

… O núcleo do CPI, que exclui itens voláteis, como alimentos e energia, deve ter registrado ganho mensal de 0,3%, após o avanço de 0,4% em janeiro. Na comparação anual, a alta do núcleo seria de 3,7%, inferior a janeiro (3,9%).

JAPÃO HOJE – Enviando mais um sinal hawkish, o presidente do BoJ, Kazuo Ueda, disse que, embora algumas estatísticas ainda mostrem sinais de fraqueza, a economia japonesa continua a se recuperar gradualmente.

… O comentário vem em meio a especulações de traders sobre possível elevação do juro pelo BoJ já na reunião de política monetária da semana que vem, o que colocaria um  fim ao longo período de política ultraflexível.

… De seu lado, o ministro das Finanças, Shunichi Suzuki, afirmou que a economia ainda não superou completamente a deflação, embora haja alguns desenvolvimentos positivos: crescimento salarial e o aumento dos gastos de capital.

ARGENTINA – O BC cortou o juro de 100% para 80% ao ano e anunciou que irá eliminar a taxa mínima de prazo fixo.

É DE CHORAR – Sabotadas por Lula, as ações da Petrobras embarcaram ontem numa montanha-russa e devolveram na reta final do pregão a tentativa de reação observada mais cedo contra o tombo de mais de 10% na última 6ªF.

… O papel ON afundou 1,92% (R$ 36,27) e o PN perdeu 1,30% (R$ 35,65). Não deu para culpar o petróleo, que fechou estável. O Brent/maio subiu 0,15%, a US$ 82,21 por barril, na ICE. O WTI/abril recuou 0,10%, a US$ 77,93.

… O Ibov (-0,75%) desceu mais um degrau e fechou no nível dos 126 mil pontos (126.123,56), com giro de R$ 25,6 bi.

… O índice testou níveis positivos durante a tarde, diante da especulação de que a decisão sobre os dividendos extraordinários poderia ser revertida. Mas veio a virada negativa depois da bomba da entrevista de Lula.

… Vale (-3,11%; R$ 63,96) também ajudou a derrubar o índice, sentindo a queda de quase 7% no minério de ferro em Cingapura e de 5% em Dalian, com notícias de estoques que não param de crescer na China.

… A extensão do mandato do CEO da Vale, Eduardo Bartolomeo, para até 31 de dezembro de 2024, foi deixada em segundo plano.

… Ainda entre as metálicas, Usiminas (-4,70%; R$ 10,35) e CSN Mineração (-2,86%; R$ 5,78) ficaram no vermelho. No topo da lista negativa ficou IRB (-5,05%), a R$ 40,64. TIM caiu 3,59% (R$ 18,27).

… Entre os bancos, sob a polêmica renovada de ingerência política na Petrobras, BB foi novamente o único a fechar no vermelho (-1,00%; R$ 57,23). Santander unit ficou estável, a R$ 28,53. Itaú subiu 0,50% (R$ 34,27).

… Bradesco PN registrou valorização de 0,58% (R$ 13,92) e ON, +0,74% (R$ 12,31).

… No lado positivo, 3R Petroleum se beneficiou da troca intrasetorial e teve a maior alta do pregão (+2,94%; R$ 29,09). PetroReconcavo subiu 1,50%, a R$ 21,69, e Prio avançou 0,34%, a R$ 44,85.

… No câmbio, no pior momento do dia, pela manhã, o dólar chegou a testar os R$ 5,00, refletindo o tombo no preço do minério de ferro, que afetou moedas de produtores de commodities, como o Brasil.

… Mas relatos de entrada de recursos e desmonte de pontual posições defensivas deram algum fôlego ao real. Na reta final dos negócios, porém, o dólar zerou a queda (-0,05%, a R$ 4,9784) após as falas de Lula.

… Na contramão dos rendimentos dos Treasuries, e com certa ajuda do câmbio, os juros futuros fecharam em queda.

… O retorno do DI para Jan25 caiu a 9,870% (de 9,890%); DI Jan26, a 9,700% (9,755%); Jan27, a 9,930% (9,983%); Jan29, a 10,400% (10,445%); o Jan31, a 10,650% (10,692%); e o Jan33, a 10,760% (10,806%).

… A preocupação com o cenário fiscal segurou um recuo maior, com a percepção de que o governo quer usar o aumento de arrecadação para elevar gastos.

… Ainda assim, algumas expectativas têm sido ajustadas de forma positiva. Ontem, Itaú e BTG Pactual aumentaram as projeções do PIB 2024 para +2%, ambos citando a resiliência do mercado de trabalho.

… Com o PIB maior, o Itaú reduziu a projeção de déficit primário neste ano a 0,7% do PIB (de 0,8%). Para 2025, saiu de déficit de 1% para 0,9%.

… O BTG revisou o IPCA 2024 de 3,9% para 3,8%, mas manteve a previsão para 2025 em 3,5%.

PÉ NO FREIO – O setor responsável (tecnologia) pelo rali recente das bolsas em NY continuou em modo cautela ontem, antes de saber se o repique da inflação americana em janeiro foi pontual ou não.

… Um mês atrás, o CPI surpreendeu para cima e, temendo uma reprise, investidores preferiram manter o pé atrás.

… As big techs comandaram as baixas: Meta Platforms caiu 4,4%, seguida de AMD (-4,3%), Nvidia (-2%), Amazon (-1,93%), Broadcom (-1,19%) e Microsoft (-0,42%).

… Na contramão, a gigante de software Oracle subiu 1,5% no pregão regular e disparou 13% no after market após apresentar o balanço do 4Tri com lucro acima do esperado.

… Fora do setor, Boeing caiu 3% com a notícia de que a empresa é alvo de uma investigação criminal nos EUA por causa do incidente com o avião 737 MAX 9, em janeiro. No ano, a ação da empresa cai 25%.

… Nasdaq teve o pior desempenho do dia: -0,41% (16.019,27 pontos). O S&P 500 caiu 0,11% (5.117,94) e o Dow Jones teve leve alta de 0,12%, aos 38.769,66 pontos.

… Nos Treasuries, a toada foi a mesma: prudência antes do CPI. Os curtos subiram mais com o mercado se posicionando para o dado.

… O retorno da note de 2 anos avançou a 4,536% (de 4,473%). O da note de 10 subiu 4,096% (4,075%) e o do T-bond de 30 anos cresceu a 4,261% (4,254%).

… No câmbio, o dólar ganhou terreno ante pares (DXY, +0,15%, a 102,869 pontos). O iene resistiu estável (+0,08%, a 146,96/US$), monitorando os rumores de que o BoJ pode acabar com os juros negativos já este mês.

… As apostas num aperto aumentaram depois da revisão para cima no PIB do Japão no 4Tri23, de -0,1% para +0,1%, na margem, evitando a recessão técnica.

… O euro quase não oscilou (-0,08%), a US$ 1,0928, e a libra esterlina recuou 0,36%, a US$ 1,2808.

EM TEMPO… José Luciano Penido apresentou renúncia ao cargo de membro do Conselho de Administração da VALE.

LOCALIZA registrou lucro líquido ajustado de R$ 750,9 milhões no 4TRI, alta de 17,8% na comparação anual; Ebitda ajustado somou R$ 2,879 bilhões, avanço de 33% ante mesmo período de 2022…

… Empresa homologou aumento de capital no valor de R$ 172 milhões, mediante a emissão de 3.794.539 de ações ON, ao preço de R$ 45,35 cada.

CCR. Tráfego de veículos nas rodovias subiu 10,2% em fevereiro na comparação anual.

GAFISA. Conselho aprovou aumento de capital mediante emissão de até 70 milhões de ações ON, a R$ 7,86.

CURY registrou lucro líquido atribuído aos controladores de R$ 160,3 milhões, alta de 74,6% na comparação anual; Ebitda somou R$ 190,7 milhões, crescimento de 54% em relação ao mesmo período de 2022.

DIRECIONAL registrou lucro líquido de R$ 99,606 milhões no 4TRI, alta de 26,7% na comparação anual; Ebitda ajustado somou R$ 152 milhões, crescimento de 34% em relação ao mesmo período de 2022.

FRAS-LE registrou lucro líquido de R$ 93,9 milhões no 4TRI, alta de 166% na comparação anual; Ebitda somou 113,1 milhões, crescimento de 34,5% em relação ao mesmo período de 2022.

TEGMA registrou lucro líquido de R$ 51 milhões no 4TRI, queda de 10,2% na comparação anual; Ebitda somou R$ 74,1 milhões, recuo de 5,2% em relação ao mesmo período de 2022.

UNIPAR informou, em resposta à CVM, que interações com eventuais parceiros para adquirir ativos nos EUA não evoluíram de forma significativa, considerando o estágio de avaliação de viabilidade de potencial transação.

PRIVATIZAÇÕES. Tarcísio disse que a fatia que Estado de SP vai manter na SABESP não está definida; ele afirmou ainda que edital para privatização da EMAE será aprovado nos próximos dias e leilão pode acontecer em abril.

AOS ASSINANTES DO BDM, BOM DIA E BONS NEGÓCIOS!

*com a colaboração da equipe do BDM Online

AVISO – Bom Dia Mercado, produzido pela Mídia Briefing, não pode ser copiado e/ou redistribuído.

Veja Também