Morning Call

Copom reabre apostas

Atualizado 22/06/2023 às 15:57:10

Por Rosa Riscala e Mariana Ciscato*

[22/6/2023]

… A decisão do BoE (8h) abre o dia dos mercados globais, com previsão de nova alta do juro inglês, de 25pb ou 50pb. Nos EUA, Powell volta a falar, hoje no Senado (11h), depois que seu depoimento na Câmara mais confundiu do que explicou, ao citar a possibilidade de ajustes adicionais da taxa dos Fed Funds, “mas em ritmo menor”. Aqui, o mercado repercute o comunicado do Copom, que manteve a Selic em 13,75%, mas frustrou sobre uma sinalização de queda iminente. Agosto, que era a aposta da maioria, parece estar fora de cogitação, já que o BC evitou um aviso explícito. A não ser que venha outra surpresa. Nas primeiras reações, as leituras não formaram um consenso. Teve gente dizendo que o corte só vem em 2024 e outros que transferiram a expectativa para setembro.

… O texto, mais curto e mais conservador, fez apenas duas concessões: tirou o cenário alternativo de inflação, que considerava a Selic constante até o fim de 2024, e a frase que alertava para a retomada do aperto, se a desinflação não ocorresse como o imaginado.

… Mas, em vez de destacar a melhora na inflação, reconhecida por RCN nas últimas falas, continuou vinculando a “cautela, parcimônia, a paciência e a serenidade” ao “lento processo desinflacionário” e “às expectativas de longo prazo desancoradas”.

… Mais do que isso, reiterou que a manutenção do juro por período prolongado é adequada para garantir a convergência da inflação, dizendo que “irá perseverar até que se consolide o processo de desinflação e a ancoragem das expectativas”.

… O Copom fez ainda uma revisão tímida para a inflação de 2024, de 3,6% para 3,4%, diante de tantos fatores favoráveis.

… A melhora na percepção do risco fiscal foi desprezada para dar lugar a uma “incerteza residual sobre o desenho final do arcabouço”, cuja votação está em fase final no Congresso e respondeu pela queda dos juros de longo prazo nas últimas semanas.

… O BC citou inclusive o esperado repique da inflação no segundo semestre, deixando a sensação de que a Selic nunca mais vai cair. O mercado em peso esperava uma virada de chave, dividido apenas nas apostas entre agosto e setembro para o primeiro corte.

… Esse posicionamento significa que está contratado para a abertura um ajuste em alta dos juros curtos, tornando a curva mais flat. Também o Ibovespa, que vinha surfando na expectativa de queda do juro, pode sentir o baque (leia abaixo).

… Para alguns economistas, o BC não quis se arriscar antes da reunião do CMN, no dia 29, por mais que Haddad tenha antecipado que não defende um aumento da meta de inflação, mas a dissociação do ano-calendário e a adoção da meta contínua.

… Uma fonte do BDM cogitou que o BC pode ter preferido não sinalizar a queda do juro nesse Copom para evitar a coincidência de um primeiro corte com a estreia de Gabriel Galípolo, que já deve participar em agosto como diretor de Política Monetária.

… Seja o que for que levou o Copom a divulgar um comunicado tão mal-humorado, pesou a mão, comprometendo a comunicação com os agentes econômicos, que é fundamental na administração das expectativas. Agora é esperar pela ata, na próxima semana.

SPX – Em entrevista ao podcast Stock Pickers, que vai ao ar nesta 5ªF, o sócio-fundador da gestora SPX Capital, Rogério Xavier, voltou a defender a mudança da meta de inflação, afirmando que “se a meta estivesse em 4%, os juros já estariam caindo”.

… “O Brasil vai buscar o seu menor patamar de inflação da vida no momento em que o mundo está indo para uma inflação mais alta? Qual o custo disso para a sociedade?”, disse o gestor, questionando o custo financeiro “desnecessariamente alto”.

SABATINA – A CAE do Senado adiou a sabatina de Gabriel Galípolo e Ailton Aquino para as diretorias do BC para 4/7.

ARCABOUÇO – O Senado aprovou, no início da noite, o projeto do novo arcabouço fiscal, por 57 votos a favor e 17 contra. Todos os destaques foram rejeitados. A proposta incluiu mudanças e volta para a Câmara, com votação na primeira semana de julho.

… O texto aprovado retirou do limite de gastos o Fundeb, o Fundo Constitucional do DF e despesas com ciência, tecnologia e inovação, além de acrescentar dispositivo que facilita a inclusão de privatizações e venda de ativos em programas de ajuste fiscal.

… Além disso, Aziz atendeu ao apelo do Planejamento e acatou emenda do senador Randolfe Rodrigues para incluir no Orçamento de 2024 a previsão de despesas condicionadas, que só seriam executadas após aprovação de crédito extraordinário pelo Congresso.

… O limite para essas despesas será a diferença entre o IPCA nos 12 meses até junho e o realizado até dezembro do ano anterior. De acordo com Randolfe, esse dispositivo evita o corte de aproximadamente R$ 32 bilhões no Orçamento do ano que vem.

REFORMA TRIBUTÁRIA – Presidente da Câmara, Arthur Lira, recebe hoje (9h30) governadores, em movimento de pressão para dobrar suas resistências à proposta, que ele quer votar em plenário na primeira semana de julho.

BNDES & PETROBRAS – Presidentes do BNDES, Aloizio Mercadante, e da Petrobras, Jean Paul Prates, concedem coletiva (16h) para divulgar Acordo de Cooperação Técnica que institui a Comissão Mista BNDES-Petrobras.

MAIS AGENDA – Campos Neto participa hoje (14h) de Congresso da Abranet por meio de vídeo gravado em 31/5.

… A Receita divulga às 10h30 a arrecadação federal de maio, que deve somar R$ 176,525 bilhões na mediana do Broadcast. Também sairão os dados de abril, atrasados por causa da operação-padrão dos servidores do órgão.

… O TSE inicia, a partir das 9h, o julgamento que pede a inelegibilidade de Bolsonaro e Walter Braga Netto.

LÁ FORA – Além de Powell, falam outros quatro membros do Fed: Christopher Waller (5h), Loretta Mester (10h55) e Michelle Bowman, e Thomas Barkin (17h30). Yellen participa na França de evento com Lagarde e Lula (sem horário).

… Entre os indicadores nos EUA, saem os pedidos de auxílio-desemprego (9h30), que devem registrar queda de 2 mil para 260 mil, as vendas de moradias usadas em maio (11h) e os estoques de petróleo do DoE, ao meio-dia.

… A previsão é de queda de 100 mil barris. O API estimou ontem recuo bem maior, de 1,2 milhão de barris.

… Os BCs da Turquia (8h) e do México (16h) divulgam as suas decisões de política monetária.

GAP DE ALTA – O Copom duro na queda, pouco sensibilizado ao alívio da inflação, à maior confiança na dinâmica fiscal e às cobranças públicas do governo e de setores da sociedade para baixar logo a Selic, antecipa pressão no DI.

… Iludido, o investidor tinha certeza que o BC mandaria o recado sobre o corte em agosto/setembro e começa o dia tendo que se adaptar ao choque de realidade. Os juros curtos já amanhecem, assim, devendo um ajuste em alta. 

… Esse trecho da curva já havia queimado tanto prêmio nos últimos dias, tamanha era a segurança com um comunicado dovish, que ontem ensaiou leve alta antes do Copom, porque já não tinha como cair mais.

… Já os vencimentos longos registraram forte queda. O alívio reproduziu a onda positiva que dominou os mercados externos na reta final, quando NY absorveu parte do susto inicial com Powell e voltou a cogitar uma pausa no juro.

… O DI jan/24 subiu a 13,030% (máxima), de 12,993% na véspera; jan/25, 11,110% (11,071%); e jan/26, 10,530% (10,555%). Já o jan/27 caiu a 10,500% (10,585%); jan/29, 10,800% (10,930%); e jan/31, 11,010% (11,140%).

… No câmbio, fica a expectativa sobre como o comunicado do Copom será lido, se pela ótica de maior atratividade do carry trade, com a Selic que não tem hora para cair, ou se pelo viés de risco de menor fluxo para a B3.

… Ontem, o dólar à vista caiu 0,59% e permaneceu abaixo de R$ 4,80, cotado a R$ 4,7678, de carona na queda em escala global, na alta do petróleo (que favorece o real) e no otimismo com os fundamentos econômicos domésticos.

… A Fitch mais do que triplicou a projeção para o PIB do Brasil este ano, de 0,7% a 2,3%, refletindo a força do agro.

… Ainda ontem, citando também a produção agrícola, o Inter elevou a estimativa de crescimento da economia brasileira de 1,5% para 2,2% em 2023. O banco ainda baixou a projeção do IPCA de 5,1% para 4,75%.

… No câmbio futuro, o contrato de dólar para julho registrou desvalorização de 0,65%, para R$ 4,7690.

GAP DE QUEDA – A ausência frustrante de um recado direto do Copom no comunicado sobre o timing do início do ciclo de queda da Selic pode dar o start para o Ibovespa devolver os 120 mil pontos na abertura dos negócios.

… Até o último minuto ontem, a bolsa apostou na sinalização do comunicado de um desaperto em breve e, pela primeira vez em mais de um ano, desde abril de 2022, o índice à vista cruzou a barreira dos 120 mil pontos.

… Embora a conquista desse patamar psicologicamente importante prometa abrir espaço de realização de lucro nos primeiros negócios, nada está perdido. Os próximos informes do fluxo na B3 e releituras do Copom estarão no radar.

… O Ibovespa subiu 0,67% nesta 4ªF, aos 120.420,26 pontos, com giro nas médias recentes, de R$ 27,6 bi. Além da esperança no Copom dovish, também o rali da Petrobras serviu de gatilho para a bolsa renovar o pico do ano.

… A estatal disparou com a melhora das recomendações das ações para compra pelo Goldman Sachs e Santander, e contou ainda no pano de fundo positivo com o petróleo, que esqueceu dos estímulos fracos na China e subiu.

… O barril ampliou os ganhos no fim da sessão, apoiado na fraqueza do dólar e expectativa de queda nos estoques hoje. O Brent para agosto avançou 1,61%, US$ 77,12, e o WTI do mesmo prazo ganhou 1,88%, cotado a US$ 72,53.

… Também os bancos ajudaram a dar impulso à bolsa. Com exceção de Bradesco PN, que caiu 0,23%, a R$ 17,25, o restante do setor exibiu fôlego: Itaú, +0,97% (R$ 29,04); Bradesco ON, +0,74%; Santander, +1,16%; e BB ON, +3,15%.

… Já na ponta negativa, as preocupações com a economia chinesa e a queda de 0,99% do minério de ferro voltaram a influenciar o desempenho da Vale, que já tinha caído 2,5% na véspera e ampliou as perdas em 1,01%, a R$ 66,93.

… CSN Mineração (-1,57%) e as siderúrgicas também refletiram a percepção de que Pequim não está fazendo tudo o que poderia pelo retomada. Gerdau perdeu 0,81%; Metalúrgica Gerdau, -0,82%; CSN, -0,46%; e Usiminas, -1,22%.

… Embraer figurou, de novo, como pior queda do Ibovespa (-7,42%), ainda impactada pelo baixo número de pedidos de aeronaves durante o Paris Air Show. Em seguida na lista, vieram CVC (ON, -5,25%) e Pão de Açúcar (PN, -2,75%).

DEIXOU NO AR – À primeira vista, Powell frustrou a aposta de que o Fed esteja chegando ao fim do ciclo de aperto.

… Ele lembrou que, no gráfico de pontos, divulgado semana passada, quase todos os dirigentes apontaram novas altas de juro no ano, que os EUA ainda estão “muito longe” da meta de inflação de 2% e que o processo será “longo”.

… Mas um outro trecho de seus comentários, de que “continuaremos a tomar nossas decisões reunião após reunião”, indicou que o próximo passo não está fechado e que os indicadores futuros têm potencial decisivo.

… Tanto é que a chance de alta de 25 pb no juro na reunião de julho superou 80%, mas voltou um pouco, para 71,9%, e o mercado absorveu parte do susto inicial, dando ouvidos até mesmo a um Fed boy que não vota este ano. 

… Raphael Bostic (Atlanta) defendeu manutenção do juro até o final de 2023 para evitar uma crise econômica “significativa”. Segundo ele, o mercado de trabalho está arrefecendo de forma consistente com redução da inflação.

… O apoio expresso à pausa reverteu o impulso da ponta longa dos Treasuries, ampliou as perdas do dólar e reduziu a queda das bolsas em NY. Nesta 4ªF, também o Fed boy Austan Goolsbee disse que não decidiu seu voto em julho.

… O Rabobank qualificou de “ambígua e vaga” a mensagem de Powell ao Congresso e se questiona se as duas altas projetadas pela maioria do Fed serão entregues. Para o banco, só um aperto em julho estaria garantido.

… “Um ritmo mais moderado implicaria pular setembro e isso nos deixaria com novembro como a reunião para a segunda alta”. Mas o Rabobank lembra que até mesmo o Fed espera que a economia esteja em leve recessão até lá.

… “Portanto, continuamos deixando uma segunda alta fora de nossas projeções”, informou o banco.

… A percepção de que o cenário está em aberto, até mesmo com uma nova pausa no páreo, moderou as baixas em Wall Street, com exceção do Nasdaq (-1,21%, a 13.502,20 pontos), que sentiu a realização de lucro da Tesla (-5,46%).

… O Dow Jones limitou a queda a 0,30%, para 33.951,52 pontos, e o S&P 500 perdeu 0,52% (4.365,69 pontos). Sob o “efeito Bostic”, o juro da Note de 10 anos caiu a 3,716%, de 3,724%, mas o de 2 anos subiu a 4,713%, de 4,678%.

… O dólar, que já estava fraco por causa da projeção de última hora de que o BoE se mostre mais agressivo hoje, aprofundou as perdas com a pausa citada por Bostic e levou o índice DXY a recuar 0,44%, para 102,087 pontos.

… No Reino Unido, a inflação ao consumidor (CPI) desafiou as apostas de desaceleração para 8,4% e se manteve em 8,7% em maio, levando a libra a máximas, antes de zerar as altas no fechamento (+0,04%, a US$ 1,2776).

… O euro subiu 0,64%, para US$ 1,0987, e o iene perdeu terreno, negociado a 141,83/US$ no final do pregão.

EM TEMPO… Dois grupos interessados na BRASKEM – a Unipar e Apollo e Adnoc – têm mantido conversas com a Petrobras que incluem a gestão da petroquímica. (fontes do Valor)

VALE deve escolher fundo árabe PIF para levar 10% de unidade de metais por US$ 2,5 bilhões. (fontes do Broadcast)

ASSAÍ. O Grupo Casino vai vender hoje a participação de 11% que detém na maior rede de atacarejo do País, por meio de uma operação em bloco a ser executada pelo BTG Pactual, segundo o Brazil Journal

… As ações serão ofertadas a um preço unitário inicial de R$ 12,68. O negócio deve movimentar mais de R$ 2 bi.

VIA. Elcio Mitsuhiro assumirá como novo diretor vice-presidente financeiro.

IGUATEMI obteve liminar para despejar Tok&Stok de loja em Ribeirão Preto por falta de pagamento.

NATURA &CO. AGE aprovou a venda de participação para Natura &Co Luxembourg Holdings.

ENEVA. Itaú adquiriu 100% das ações PN da Eneva III por R$ 1 bilhão.

AES BRASIL. Rogério Pereira Jorge tomará posse dos cargos de diretor presidente e vice-presidente de RI da companhia, com efeitos a partir de 30/6.

IRB registrou lucro líquido de R$ 6,1 milhões em abril, revertendo prejuízo de R$ 92,7 milhões apurado no mesmo mês de 2022.

GAFISA. Conselho de Administração homologou novo aumento de capital social da companhia no valor de R$ 11.400,48, mediante a emissão de 1.624 ações pelo preço de R$ 7,02 cada…

… Trata-se de um bônus de subscrição atribuído como vantagem adicional ao aumento de capital privado homologado em 24/4…

… Assim, o capital social da Gafisa passará de R$ 1.396.189.975,14 para R$ 1.396.201.375,62, dividido em 60.422.524 de ações ON.

AOS ASSINANTES DO BDM, BOM DIA E BONS NEGÓCIOS!

*com a colaboração da equipe do BDM Online

AVISO – Bom Dia Mercado, produzido pela Mídia Briefing, não pode ser copiado e/ou redistribuído.

Veja Também