Europa

Com BCE mantendo juros inalterados, bolsas europeias fecham em queda por medo de aperto prolongado

Atualizado 26/10/2023 às 13:13:35

As bolsas europeias fecharam em queda, alinhadas com a baixa global nos mercados de ações devido a preocupações de que as taxas de juros terão de permanecer elevadas durante mais tempo e isso não será bom para a economia a longo prazo. Na Europa, o BCE quebrou a mais longa série de subidas das taxas de juro nos seus 25 anos de história, deixando a sua principal taxa numa máxima de 4%, comunicando que os dados mais recentes continuam a apontar para uma descida lenta da inflação em direção à meta de 2%.

A reação do mercado à decisão foi limitada e o euro caiu 0,3%. Os bancos europeus ficaram no foco hoje, com o Standard Chartered perdendo mais de 12% depois que anunciou queda inesperada no lucro do 3TRI, em um terço, devido a um impacto combinado de quase US$ 1 bilhão de sua exposição ao setor imobiliário da China. BNP Paribas cedeu 2,60%, também após balanço. No fechamento; Frankfurt -1,08%; Londres -0,84%; Paris -0,37%; Madri -0,25%; Stoxx 600 -0,46% (433.24). (BDM Online + agências)

Veja Também