Fechamento dos Mercados

Bolsas fecham mistas em NY mesmo após discurso hawkish de Fed boys; Ibovespa cai em dia de correção

Atualizado 18/12/2023 às 06:33:31

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2023/11/NY1.png

[15/12/23] Da Redação do Bom Dia Mercado

Os mercados em Wall Street encerraram mistos nesta 6ªF, em dia que falas mais hawkish de membros do Fed não preocuparam investidores.

O presidente do Fed de Nova York, John Williams, alertou que ainda é cedo para começar as discussões de corte de juros, enquanto Raphael Bostic, presidente do Fed de Atlanta, afirmou esperar “em algum momento do terceiro trimestre” para iniciar as reduções se o alívio inflacionário continuar conforme o esperado. Porém, o presidente do Fed de Chicago, Austan Goolsbee, não descartou corte de juros em março.

Em Nova York, o índice Dow Jones avançou 0,16%, aos 37.308,16 pontos. O S&P 500 caiu 0,01%, aos 4.719,19 pontos, e o Nasdaq avançou 0,35%, aos 14.813,92 pontos.

image 5
Bolsas fecham mistas em NY mesmo após discurso hawkish de Fed boys; Ibovespa cai em dia de correção 2

Por aqui, o Ibovespa passou por correção, após atingir máxima histórica de fechamento na véspera, com as atenções voltadas para Brasília. A Câmara aprovou o texto-base da MP da subvenção do ICMS, principal aposta do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, que passa a ser analisada pelo Senado. Todos os destaques foram rejeitados. Além disso, a Câmara aprovou, em 1º turno, o texto da reforma tributária, que vota os destaques neste momento. A Casa precisa aprovar em dois turnos.

Outro destaque foi a Fitch reafirmando a nota de crédito de longo prazo do Brasil em “BB”, com perspectiva estável. A agência de classificação de risco destacou que a posição fiscal do país deve sofrer deterioração substancial neste ano, levantou que o cumprimento da meta fiscal de 2024 parece cada vez mais duvidoso e que existe chance de mudar quando houver clareza sobre arrecadação. Ambiguidades e mudança na meta podem minar eficácia do arcabouço fiscal, destacou a Fitch.

O Ibovespa fechou em queda de 0,49%,aos 130.197,10 pontos, com volume de R$ 31,1 bilhões. Na semana, a bolsa brasileira subiu 2,44%. O dólar à vista subiu 0,45%, para R$ 4,9372, e fechou a semana com alta de 0,15%. (Eduardo Saraiva)

Veja Também