Europa

Bolsas europeias fecham em queda com atividade industrial vacilando

Atualizado 01/08/2023 às 13:07:03

As bolsas europeias fecharam em queda, com a alemã DAX recuando de máximas recordes, em meio à redução da atividade industrial na zona do euro e China, ressaltando os riscos crescentes para a economia global do aumento das taxas de juros.

Pesquisa mostrou que a atividade manufatureira no bloco se contraiu em julho no ritmo mais rápido desde maio de 2020, à medida que a demanda caiu, apesar de as fábricas reduzirem seus preços acentuadamente.

Houve uma fraqueza considerável observada na Alemanha, a maior economia da Europa, enquanto França e Itália, a segunda e terceira maiores economias da zona do euro, também registraram deteriorações acentuadas.

Mais cedo, atividade fabril da Ásia também encolheu em julho. No Reino Unido, o HSBC Holdings subiu 1,33% depois que o credor elevou sua principal meta de desempenho, enquanto a BP cedeu 0,26%, devolvendo ganhos devido ao aumento de dividendos em 10%.

No fechamento: Frankfurt -1,24%; Londres -0,42%; Paris -1,22%; Madri -1,51%; Stoxx 600-0,87% (467.26). (BDM Online + agências)

Veja Também