Europa

Bolsas europeias fecham em queda à medida que preocupações com exposição imobiliária afetam os bancos

Atualizado 07/02/2024 às 15:11:36

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2024/01/pexels-lara-jameson-8828640-1-scaled.jpg

[07/02/24] Da Redação do Bom Dia Mercado

As bolsas europeias fecharam em queda pressionadas pelas preocupações em torno da exposição dos bancos ao setor imobiliário e pela resistência dos BCs à possibilidade de cortes antecipados nas taxas de juro. O subíndice bancário caiu até 1%, uma vez que as ações do problemático New York Community Bancorp caíram ainda mais (-10%). O Deutsche Bank perdeu 5,5%, depois do regulador alemão BaFin ter dito que monitora a turbulência no mercado imobiliário comercial.

O setor automotivo teve o melhor desempenho do dia, depois que os lucros da Ford superaram as expectativas. Investidores que esperavam cortes rápidos nas taxas ficaram desapontados depois de Isabel Schnabel, do conselho, disse que o BCE deveria ser paciente. Autoridades do Fed, incluindo Loretta Mester e Neel Kashkari, também pediram cautela. Fechamento: Frankfurt -0,70%; Londres -0,60%; Paris -0,36%; Madri -1,16%; Stoxx 600 -0,28% (485.38). (BDM Online + agências)

Veja Também