Europa

Bolsas europeias fecham em alta na esteira da melhora em NY e sob impulso da China

Atualizado 27/06/2023 às 13:05:44

As bolsas europeias lutaram para manter o impulso positivo que veio do governo da China anunciando apoio à economia. Ao longo da sessão, os investidores se concentraram nas preocupações com as perspectivas econômicas para a Europa e os EUA, com a presidente do BCE, Christine Lagarde, dizendo que a inflação da zona do euro pode durar algum tempo, o que significa que é “improvável” que o BC seja capaz de declarar o fim dos aumentos de juros em um futuro próximo.

Lagarde discursou em Sintra, Portugal, e reiterou que a instituição está comprometida em cumprir a meta de inflação de 2%, “não importa o que vier”. Segundo ela, o impacto da alta dos juros, implementada desde julho do ano passado, ainda não foi sentido.

Dados econômicos americanos mais fortes que o previsto, como o de encomendas de bens duráveis, vendas de casas e confiança do consumidor, reverteram o medo da recessão. No fechamento, Frankfurt +0,26%; Londres +0,14%; Paris +0,43%; Madri +1,03%; Stoxx 600 +0,09% (453.08). (BDM Online + agências)

Veja Também