Europa

Bolsas europeias cedem forte no fechamento após ata do Fed e dados de trabalho reforçarem aperto

Atualizado 06/07/2023 às 12:52:40

As bolsas europeias fecharam em queda forte, com o sentimento de risco afetado pela divulgação de ata dura da reunião de junho do Fed, bem como por sinais econômicos fracos e dados de mercado de trabalho robusto nos EUA.

As bolsas europeias seguiram a liderança negativa em Wall Street, depois que documento do Fed mostrou que quase todos os seus membros apoiavam mais altas de juros nos próximos meses.

Além disso, alguns formuladores foram a favor de um aumento dos juros na reunião de junho, quando o BC dos EUA interrompeu seu ciclo de aperto de um ano. As preocupações de que aumentos prolongados de juros levarão a economia dos EUA à recessão pesaram dada a importância da maior economia do mundo como motor do crescimento global.

Dados de hoje mostraram que a atividade empresarial da zona do euro caiu para território contracionista no mês passado.

Mas houve boas notícias pois os pedidos às fábricas alemãs subiram 6,4% no mês de maio, muito melhor do que o esperado e também uma melhora em relação à queda de 0,4% no mês anterior.

No fechamento: Frankfurt -2,60%; Londres -2,03%; Paris -3,13%; Madri -2,09%; Stoxx 600 -2,44% (446,76). (BDM Online + agências)

Veja Também