Fechamento dos Mercados

Bolsas em NY corrigem perdas pós-Fed e carregam Ibovespa junto

Atualizado 01/02/2024 às 18:31:57

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2023/12/bolsas-financeiro-ibovespa-graficos.jpg

Após um dia de amplas perdas, os mercados em Wall Street passaram por correção nesta 5ªF, ainda reagindo ao comentário do presidente do Fed, Jerome Powell, que praticamente descartou um corte em março, mas admitiu que o Comitê procura flexibilização para este ano.

Além disso, os investidores reagem, no after market, aos balanços de três megacaps: Amazon, Apple e Meta.

Os rendimentos dos Treasuries caíram hoje, sobretudo no longo prazo, reagindo aos dados de seguro-desemprego, mostrando esfriamento no mercado de trabalho, e os PMIs industriais mais fortes do que o esperado.

Por aqui, o Ibovespa ficou volátil por boa parte da sessão, mas fechou em alta, impulsionado pelo exterior. As ações da Petrobras (PETR4), que subiram +2,27% (R$ 41,57), também ajudaram o índice, com avaliações de possíveis dividendos extraordinários da estatal.

Dólar teve outro dia de queda, apoiado por fluxo positivo, e juros futuros caíram com ajuste ao Copom, que contratou cortes de 100 pbs na Selic até maio.

O Ibovespa fechou em alta de 0,57%, aos 128.481,02 pontos, na máxima do dia, com volume de R$ 23,7 bilhões. O dólar à vista teve queda de 0,44%, a R$ 4,9156.

Em Nova York, o índice Dow Jones subiu 0,97%, aos 38.519,97 pontos. O S&P 500 ganhou 1,25%, aos 4.906,25 pontos. E o Nasdaq avançou 1,30%, aos 15.361,64 pontos. (Eduardo Saraiva)

Veja Também