Europa

Bolsas europeias fecham em queda com sinais de desaceleração global apesar de dados positivos da região

Atualizado 05/07/2023 às 13:23:54

As bolsas na Europa fecharam em baixa reagindo a sinais de recuperação vacilante da China em dia de divulgação dos dados de atividade.

Na Alemanha, o PMI Serviços caiu de 57,2 em maio para 54,1 em junho, menor nível em três meses; o PMI composto caiu de 53,9 para 50,6 pontos, menor nível em cinco meses. No Reino Unido, o PMI Serviços caiu de 55,2 em maio para 53,7 em junho, menor nível em quatro meses; e o PMI composto caiu de 54 para 52,8 pontos, em linha com a expectativa. Já na zona do Euro, o PMI Serviços caiu de 55,1 em maio para 52 em junho, menor nível em cinco meses; e o PMI composto caiu de 52,8 para 49,9 pontos, menor nível em seis meses.

Isso ocorre após a divulgação de dados decepcionantes da atividade manufatureira, que contraíram no mês passado.

Dito isto, houve algumas notícias positivas na 4ªF, com a produção industrial francesa subindo 1,2% em maio, mais forte do que a queda de 0,2% esperada.

Na zona do euro, a inflação ao produtor caiu 1,5% em maio, na base anual, ante esperados +1%, o que representa forte desaceleração frente a abril (+0,9%). Na margem, o PPI diminuiu 1,9% em maio ante declínio esperado de -1,8%.

No fechamento: Frankfurt -0,75%; Londres -0,87%; Paris -0,90%; Madri -1,21%; Stoxx 600 -0,79% (457.66). (BDM Online + agências)

Veja Também