Express

BDM Express: Troca no comando do BC pode explicar cautela

Atualizado 19/12/2023 às 06:04:18

O BoJ japonês manteve os juros negativos em 0,10% e a meta do rendimento do título público local (JGB) de 10 anos em 0%. Apesar de esperada, a decisão anunciada hoje provocou um novo tombo do iene.

Já na zona do euro, se vier com uma boa desaceleração, o CPI de novembro (7h) pode animar apostas em corte do juro, apesar do BCE hawk, enquanto, nos EUA, os alertas dos Fed boy são ignorados pelo mercado, convencido de que as quedas começam em março.

Aqui, é grande a expectativa pela ata do Copom (8h), que tem a chance de explicar o conservadorismo da semana passada, após surpreender boa parte dos investidores, em meio à euforia com Powell e os avanços da pauta econômica no Congresso.

Nesta 2ªF, os juros futuros de curto prazo fecharam nas mínimas na B3 à espera de um documento mais suave que, pelo menos, admita o debate sobre um ritmo mais acelerado das quedas da Selic. E porque o Comitê achou importante manter a dose de 0,50pp.

São aguardadas explicações sobre as perspectivas melhores para a inflação, a desaceleração da economia, uma análise mais detalhada do cenário externo “menos adverso” e sobre os riscos fiscais, aliviados com a aprovação das propostas da Fazenda.

A aposta mais óbvia é de que o Copom insistirá na necessidade de uma “reancoragem total, e não parcial”, das expectativas de inflação, mas alguns economistas acreditam que a cautela do BC está ligada aos riscos com a troca de comando no BC, a partir de 2025.

Em NY, as apostas para o juro americano no CME Group seguem majoritariamente (com quase 70% de chance) sendo de que o Fomc decidirá o primeiro corte dos juros em março, com um orçamento total de 150pbs em 2024.

No Congresso, sessão conjunta vota hoje (12h) a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2024. Já para amanhã (4ªF), está confirmada a sessão solene do Congresso para promulgar a reforma tributária (15h), que deverá ter a presença do presidente Lula.

Indicadores domésticos são fracos, com três prévias de inflação: as segundas quadrissemanas de dezembro do IPC-Fipe (5h), do IGP-M e do IPC-S – os dois últimos às 8h. Campos Neto fará palestra no evento “Desafios 2024”, do Correio Braziliense” (19h).

Chile anuncia decisão de política monetária (18h) e, no final da noite, o BC da China informa as taxas de referência das LPRs.

O BDM Express é a versão resumida do BDM Morning Call, ideal para você distribuir aos seus clientes em edição customizada com o logo de sua empresa. Consulte nosso atendimento: +55 (11) 93310-7346

Veja Também