Express

BDM Express: Tamanho do corte da Selic não é consenso

Atualizado 31/07/2023 às 06:05:56

Semana do payroll, nos EUA (6ªF), e do Copom (4ªF), será movimentada também pelos balanços da Apple, Amazon, Petrobras e Bradesco, todos na 5ªF, e pela retomada da agenda legislativa a partir de amanhã, 1º de agosto. As negociações para a reforma tributária no Senado e articulações na Câmara sobre o novo regime fiscal ganham força. Quanto ao Copom, está dado que iniciará o processo de quedas da Selic, mas há dúvidas sobre a intensidade desse primeiro corte.

A divergência nas apostas entre economistas do mercado e operadores dá bem a medida da emoção. Enquanto traders projetam chance elevada (75%) de 50pb já na largada, 70% das instituições financeiras esperam 25pb, apesar da estreia de Gabriel Galípolo no colegiado.

Em entrevista no fim de semana, Haddad defendeu haver “espaço razoável” para derrubar a Selic. “São 10 cortes de 50 pb para chegar à taxa neutra defendida pelo BC”, disse. Ao jornalista Luis Nassif, da TV GGN, criticou o Banco Central “pouco plural” e “muito monolítico”.

Antes do Copom, saem o IPC-S (amanhã, 3ªF) e o IPC-Fipe (4ªF). Além disso, tem produção industrial amanhã (3ªF), que deve recuar 0,1% em junho. A balança comercial de julho também sai nesta 3ªF.

HADDAD – A dois dias do Copom, o ministro recebe esta manhã Isaac Sidney (Febraban) e os CEOs do Itaú, Bradesco, Santander e BTG Pactual. O encontro será em SP (10h). Às 15h30, em Brasília, Haddad participa do lançamento do “Sistema de Controle de Carga e Trânsito”.

PETROBRAS – Anunciou na 6ªF à noite sua nova política de dividendos. Segundo a empresa, ficou estabelecida remuneração mínima anual de US$ 4 bilhões para exercícios em que o preço médio do barril de petróleo tipo Brent for superior a US$ 40 por barril.

BALANÇOS – O novo modelo da Petrobras será adotado já para o pagamento de dividendos do 2Tri, cujo balanço será divulgado nesta 5ªF, no mesmo dia do Bradesco, junto com Apple e Amazon. A semana terá também os resultados de CSN, CSN Mineração e Prio, na 4ªF. Hoje à noite, têm Ecorodovias, Isa Cteep e Tim.

REFORMA TRIBUTÁRIA – Em entrevista à Folha, Simone Tebet não se comprometeu com a aprovação pelo Senado em 60 dias, como está nos planos do governo. Para a ministra, a maior ameaça é o aumento de exceções para o setor de serviços.

NOS EUA – O payroll de julho, nesta 6ªF, entra no foco dos mercados, depois de o PCE ter desacelerado e esvaziado ainda mais as chances de o Fed voltar a subir o juro na próxima reunião, em setembro.. Hoje, sai o PMI/ISM de Chicago de julho (10h45). A semana tem ainda como destaque o PMI/S&P Global industrial de julho nos EUA, amanhã (3ªF).

ZONA DO EURO – Sai a prévia do CPI de julho hoje (6h) e o PPI de junho (5ªF). Nesta 2ªF, serão divulgados o PIB/2Tri na zona do euro (6h) e na Itália (5h), além das vendas no varejo na Alemanha (3h). Na Ásia, o PMI industrial da China subiu para 49,3 em julho e superou a previsão de 49,0. Serviços caiu para 51,5. No Japão, a produção industrial subiu 2% em junho, após queda de 1,6% em maio.

O BDM Express é a versão resumida do BDM Morning Call em dez parágrafos, ideal para ser distribuído aos seus clientes com a logomarca da sua empresa. Consulte nosso atendimento

Veja Também