Ibovespa

Balanços dos EUA e pauta econômica dividem atenção do investidor

Atualizado 20/07/2023 às 10:59:44

As atenções do mercado nesta quinta-feira se dividem entre os resultados das empresas norte-americanas e o lançamento da agenda de reforma financeiras do Ministério da Fazenda. O ministro Fernando Haddad lança hoje o cronograma com propostas de aprimoramento regulatório para atuação no mercado financeiro. Os investidores acompanham também a reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN) de julho, que acontece hoje.

O Ibovespa opera em alta de 0,15% ( 117.727,66 pontos) enquanto em NY os principais índices operam mistos – Dow Jones: sobe 0,50%; Nasdaq: cai 0,34% e S&P500: -0,05% – com destaque para o recuo das techs após resultado de Netflix e Tesla, além dos pedidos de auxílio-desemprego, que demostram resiliência do mercado de trabalho.

Na B3, o setor bancário, que abriu em alta, passou a operar misto. Bradesco ON (#BBDC3) cai 0,69% (R$ 14,50); Bradesco PN (#BBDC4) -0,06% (R$ 16,50); Banco do Brasil (#BBAS3) avança 0,23% (R$ 47,55); Itaú (#ITUB4) +% (R$) recua %0,46% (R$ 27,84) e Santander (#SANB11) tem alta de 0,34% (R$ 29,60).

Liderando as altas do índice, Natura &Co (#NTCO3) sobe 4,08% (R$ 16,58). O Bradesco BBI elevou o preço-alvo da ação da companhia de R$ 16 para R$ 24, com recomendação outperform, citando visão construtiva sobre a integração da empresa com a Avon na América Latina, margens latino-americanas mais altas e potencial venda da The Body Shop.

Na ponta oposta, São Martinho (#SMTO3) tem o pior resultado do Ibovespa, caindo 1,74% (R$ 32,66). (Priscila Arone)

Veja Também