Giro dos Mercados

Ativos se ajustam a cenário de juro alto por mais tempo nos EUA, mas euforia com balanços de techs ajuda NY

Atualizado 02/02/2024 às 15:04:00

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2023/11/bolsa-grafico.jpg

[02/02/24] Da Redação do Bom Dia Mercado

O mercado doméstico mantém o ritmo de forte ajuste às expectativas para a política americana, após os números do payroll de janeiro e os dados revisados de dezembro e novembro mostrarem uma geração de empregos muito acima do esperado nos EUA.

O mercado de trabalho ainda muito aquecido deve ser levado em conta pelo Fed, que tende a postergar o início do afrouxamento monetário para evitar o risco de repique da inflação. O Ibovespa perde 1,33%, aos 126.768 pontos.

O dólar dispara no exterior (DXY +0,94%, aos 104,018 pontos) e também por aqui (+1,19%, a R$ 4,9737). O mesmo acontece com os juros dos Treasuries, que também empurram os juros futuros na B3 para cima

O contraponto fica com as bolsas em NY, que avançam impulsionadas pela recuperação dos bancos e pelo otimismo com os balanços de tecnologia, especialmente após a Meta ter anunciado seu primeiro dividendo da história. Dow Jones tem leve alta de 0,02%, S&P500 ganha 0,83% e Nasdaq avança 1,41%. (Téo Takar)

Veja Também