Internacional

Ata do Fed: Membros julgaram apropriado manter política restritiva por algum tempo

Atualizado 21/11/2023 às 16:57:16

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2023/11/logo-lite-post.png

[21/11/23] Da Redação do Bom Dia Mercado

Os membros do Federal Reserve (Fed) julgaram apropriado manter as taxas de juros altas por algum tempo, de acordo com a ata da ultima reunião de política monetária do Banco Central dos Estados Unidos, divulgada nesta 3ªF. Os dirigentes afirmaram estar empenhados com o objetivo de reduzir a inflação para a meta de 2%.

Os participantes também observaram que, se as informações recebidas indicassem que o progresso em direção ao objetivo de inflação seja insuficiente, será apropriado um maior aperto da política monetária, ou seja, mais aumentos nos juros.

Segundo a ata, os membros concordaram que a atividade econômica se expandiu em ritmo forte no terceiro trimestre, enquanto a geração de empregos permanece forte e taxa de desemprego em baixa.

A ata não apresentou nenhum elemento que aponte apara um potencial corte de juros. Conforme destacou Jerome Powell, presidente do Fed, em 1º de novembro, a redução das taxas não estão no radar no momento.

Na última reunião do Fed, o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) decidiu manter os juros entre o intervalo de 5,25% e 5,50%. Os dirigentes concordaram que postura atual é restritiva e pressiona atividade e inflação, mostrou a ata.

Além disso, os membros continuarão observando e tomarão as decisões “com base na totalidade da informação recebida e nas suas implicações para as perspectivas econômicas, bem como no equilíbrio dos riscos”.

A ata do Fed não apresentou grandes movimentos no mercado, uma vez que trouxe informações que o mercado já esperava. Por volta das 16h30, o Ibovespa cai 0,45%, aos 125.396 pontos, e o dólar à vista sobe 1,00%, a R$ 4,9003.

Em NY, o Dow Jones cede 0,22%; S&P 500 tem queda de 0,20%; e Nasdaq cai 0,61%. Nos Treasuries, o T-Note de 2 anos recua a 4,8829%; T-note de 10 anos sobe a 4,4208%; T-bond de 30 anos avança a 4,5860%.

Os investidores também não sentiram a possibilidade de um aumento nos juros e continuam acreditando na manutenção das taxas nas próximas reuniões. De acordo com dados do FedWatch, do CME Group, cerca de 95% do mercado acredito que as taxas continuarão as mesmas em dezembro e janeiro, enquanto apenas 5% veem um potencial aumento de 25 pontos-base.

Veja Também