Ásia

Ásia fecha semana em alta, após BoJ manter juro inalterado, e espera corte na China na segunda

Atualizado 16/06/2023 às 07:05:25

As principais bolsas asiáticas subiram seguindo o rali da véspera em NY, onde dados fracos de produção industrial, varejo e emprego elevaram as apostas de que o ciclo de altas do Fed está perto do fim, a despeito das mensagens hawkish da semana.

O Banco do Japão manteve as taxas de juros inalteradas, como previsto, mas o presidente da autoridade monetária, Kazuo Ueda, disse após a decisão que a inflação (3,5% anual em abril, ante meta de 2%) está demorando a baixar.

A expectativa agora é pela decisão do PBOC chinês, que na segunda-feira (22h15) poderia baixar os juros principais para estimular a economia, seguindo dois cortes em taxas secundárias nesta semana.

A bolsa de Hong Kong, que voltou a liderar os ganhos e avançou 3,3% na semana, está perto da máxima em nove meses. A produção manufatureira local avançou no 1TRI, após recuos nos dois trimestres anteriores, e ações de consumo e setor imobiliário puxaram as altas.

Na bolsa chinesa de Dalian, o minério de ferro fez pausa nas altas fortes e subiu apenas 0,12%. Confira o fechamento dos índices:
(Lucia Boldrini, com agências)

▪️ Tóquio — Nikkei: +0,66%
▪️ Hong Kong — Hang Seng: +1,07%
▪️ Taiwan — Taiex: -0,27%
▪️ Coreia — Kospi: +0,66%
▪️ China — Xangai: +0,63%
▪️ China — Shenzhen: +0,99%

Veja Também