Ásia

Ásia fecha sem direção única, mas indicadores dos EUA aliviando temor de recessão

Atualizado 28/06/2023 às 07:14:32

Os principais mercados asiáticos repetiram o fechamento misto da sessão anterior, invertendo ganhadores e perdedores: a bolsa de Tóquio foi impulsionada pela sessão positiva em Nova York, enquanto as da China continental devolveram ganhos da véspera após leitura mista do lucro industrial das empresas chinesas.

Em maio, a queda na comparação anual foi de 12,6%, mas menor que o declínio de 18,2% no mês anterior. Com isso, a queda acumulada em cinco meses caiu a 18,8% (de janeiro a abril, -20,6%). O minério de ferro subiu 0,99% em Dalian, após o salto de 4% ontem.

Hong Kong operou em baixa com a notícia de possível nova restrição dos EUA à exportação de chips para aplicações de inteligência artificial à China, mas se recuperou na última hora. Já a bolsa japonesa retomou o rali após bateria de indicadores de força da economia dos EUA: salto em vendas de moradias em maio, confiança do consumidor em alta e encomendas à indústria surpreendendo com crescimento.

Confira o fechamento dos índices:

▪️ Tóquio — Nikkei: +2,02%
▪️ Hong Kong — Hang Seng: +0,12%
▪️ Taiwan — Taiex: +0,28%
▪️ Coreia — Kospi: -0,67%%
▪️ China — Xangai: estável
▪️ China — Shenzhen: -0,47%

Veja Também