Ásia

Ásia fecha sem direção única, entre balanços fortes em Wall Street e pacote tímido na China

Atualizado 19/07/2023 às 07:15:32

As principais bolsas asiáticas fecharam sem direção única após a sétima sessão consecutiva de ganhos no índice Dow Jones, puxada por balanços fortes de 2TRI e expectativa de pouso suave da economia americana.

A bolsa de Tóquio liderou as altas, depois que o presidente do Banco Japão reafirmou o compromisso com a política de juros ultra-acomodatícia. Investidores deixaram de lado o primeiro declínio do sentimento empresarial na indústria japonesa em seis meses, de 8 pontos em junho para 3 em julho, segundo o índice Reuters/Tankan.

A bolsa de Hong Kong reagiu com ceticismo ao pacote de estímulos ao consumo anunciado ontem pela China, considerado insuficiente para ter impacto significativo na recuperação da economia; papéis de consumo, tecnologia e setor financeiro voltaram a cair.

A Fitch disse ontem que a estabilização do consumo na China, após o baixo crescimento em 2022, ainda deve garantir crescimento de 5,6% no PIB chinês no ano, acima da meta de Pequim (5%), mas não espera mais cortes de juros neste ano, apenas nova redução nos compulsórios dos bancos. Em Dalian, o minério de ferro estendeu as perdas e fechou em queda de 0,60%. Confira o fechamento dos índices:
(Lucia Boldrini + agências)

▪️ Tóquio — Nikkei: +1,24%
▪️ Hong Kong — Hang Seng: -0,33%
▪️ Taiwan — Taiex: -0,65%
▪️ Coreia — Kospi: +0,02%
▪️ China — Xangai: +0,03%
▪️ China — Shenzhen: -0,26%

Veja Também