Ásia

Ásia fecha mista, entre avanço de techs e indústria chinesa em contração; minério sobe em Dalian

Atualizado 01/08/2023 às 07:13:57

Os principais mercados asiáticos fecharam a terça-feira sem direção única depois que o PMI industrial chinês de julho, na medida Caixin, entrou inesperadamente em território de contração (a 49,2 pontos, ante projeção de 50,3), o que já havia acontecido na medição oficial do governo.

As perdas na China continental e em Hong Kong foram limitadas por avanços no setor de tecnologia — que impulsionaram fortemente a bolsa de Seul — na expectativa de fim de ciclo de alta de juros nos EUA e dos balanços de Apple e Amazon na quinta-feira (3). Na Coreia, ficou de lado uma forte queda anualizada das exportações no mês passado, de 16,5%, no décimo mês consecutivo de queda.

Em Tóquio, os destaques foram ganhos de Toyota (+2,5%) e Makita (+14%) após balanços e de papéis ligados a commodities (Nippon Steel +1,4%, Kobe Steel +2,4%). O minério de ferro subiu 0,96% na bolsa de Dalian. Confira o fechamento dos índices:
(Lucia Boldrini + agências)

▪️ Tóquio — Nikkei: +0,92%
▪️ Hong Kong — Hang Seng: -0,34%
▪️ Taiwan — Taiex: +0,39%
▪️ Coreia — Kospi: +1,31%
▪️ China — Xangai: -0,01%
▪️ China — Shenzhen: -0,37%

Veja Também