Ásia

Ásia fecha mista antes do CPI nos EUA, que vai calibrar expectativas para o Fed de setembro

Atualizado 12/07/2023 às 07:09:25

Os principais mercados asiáticos fecharam mistos antes da inflação ao consumidor americano em junho (9h30), que tem projeção de desaceleração e vai ajustar a expectativa com a decisão de juros do Fed em setembro, já que a alta em agosto é dada como certa.

Os papéis da China continental foram para a realização após duas altas consecutivas, e a cautela em Tóquio fez a bolsa fechar abaixo dos 32 mil pontos pela primeira vez em um mês, digerindo a sexta desaceleração mensal seguida da inflação ao produtor.

Já Hong Kong, na terceira sessão de alta, ampliou ganhos com a forte expansão da concessão de crédito bancário na China em junho, anunciada ontem. As ações da Tencent (+1,7%) e Alibaba (+1,1%) subiram após um raro elogio público de Pequim por suas “contribuições em inovação”, novo sinal de que a blitz regulatória sobre o setor de tecnologia chegou ao fim.

Em Dalian, o minério de ferro subiu 2,61%. Confira o fechamento dos índices:
(Lucia Boldrini + agências)

▪️ Tóquio — Nikkei: -0,81%
▪️ Hong Kong — Hang Seng: +1,08%
▪️ Taiwan — Taiex: +0,37%
▪️ Coreia — Kospi: +0,48%
▪️ China — Xangai: -0,78%
▪️ China — Shenzen: -1,08%

Veja Também