Ásia

Ásia cai em bloco com PMIs de serviços perdendo força na China e no Japão

Atualizado 05/07/2023 às 07:11:51

Os principais mercados asiáticos fecharam em baixa generalizada após a desaceleração da atividade de serviços no Japão e na China. No caso chinês, o recuo do PMI Caixin foi mais acentuado (de 57,1 pontos em maio para 53,9 em junho), no ritmo mais fraco de expansão desde janeiro. O PMI composto recuou de 55,6 pontos para 52,5.

No Japão, após o recorde histórico de 55,9 pontos em maio, o PMI de serviços caiu a 54 pontos, o mais fraco em quatro meses. O composto fechou em 52,1 (de 54,3).

Com o ciclo global de aperto de juros fazendo estragos na demanda, como demonstrado pelos PMIs na indústria no começo da semana, os investidores aguardavam a ata do último FOMC (15h) para mais pistas sobre a trajetória dos juros nos EUA.

A bolsa de Hong Kong liderou as perdas, após duas sessões de alta, e Tóquio caiu pelo segundo dia consecutivo, puxada por pesos-pesados como Mitsubishi UFJ (-1,4%). O minério de ferro em Dalian subiu 0,73%. Confira o fechamento dos índices:

▪️ Tóquio — Nikkei: -0,25%
▪️ Hong Kong — Hang Seng: -1,57%
▪️ Taiwan — Taiex: -0,49%
▪️ Coreia — Kospi: -0,55%
▪️ China — Xangai: -0,69%
▪️ China — Shenzhen: -0,84%

Veja Também