Sem categoria

Sem Nova York, Ibovespa futuro tem viés de alta com China; dólar e juros, de baixa

Atualizado 04/09/2023 às 09:17:44

O dólar e os juros abriram perto da estabilidade sem Nova York, com índice dólar DXY em queda (-0,17%, 104,060) e sem a referência dos Treasuries. O Ibovespa futuro tem sinal positivo (+0,06%, 119.135 pontos), enquanto Europa sobe com impulso da sessão asiática e também avançam os futuros de Nova York pós-Payroll (Dow Jones +0,21%, S&P 500 +0,17%, Nasdaq +0,29%), embora o mercado à vista não funcione. O dólar à vista cai 0,10% (R$ 4,9360), e o futuro recua 0,19% (4,9555).

curva DI, jan/24 a 12,375%, jan/25 a 10,565% (-0,5 ponto-base), jan/27 10,320% (-1,5 pb), jan/29 (-1 pb) a 10,770% e jan/31 a 11,030% (-2 pbs). Atenções se voltam para o que Roberto Campos Neto dirá em evento do JPMorgan (14h) e para a Câmara, onde Arthur Lira convocou deputados a votarem o Desenrola antes do feriado.

Depois do PIB forte do 2TRI (+0,9%), o Focus elevou a projeção de crescimento da economia neste ano de 2,31% para 2,56% e reduziu marginalmente a de 2024 (de 1,33% para 1,32%). De olho em combustíveis, subiram levemente as projeções de IPCA para 2023 (de 4,90% para 4,92%) e 2024 (de 3,87% para 3,88%). (BDM Online + agências)

Compartilhe:


Veja mais sobre:


Veja Também