Petróleo

Petróleo sobe de leve, com mercados de olho na crise em Israel

Atualizado 17/10/2023 às 08:23:01

O petróleo sobe de leve com os EUA intensificando esforços diplomáticos para conter a crise em Gaza. Joe Biden viaja a Israel na 4ªF para reunir apoio na tentativa de evitar uma conflagração regional. Analistas veem a desescalada da crise como o tema desta semana, vindo de todos os lados políticos, seja Washington, Jerusalém ou Teerã. 

O risco de que a guerra se espalhe coloca potencialmente em perigo os fluxos de petróleo dos principais produtores. Além de agitar os mercados de futuros, o conflito também está alterando os preços das opções e disparando os custos de frete. Há pouco, o Brent/dezembro subia a US$ 89,95 (+0,33%) e o WTI/novembro, a US$ 86,83 (+0,20%).

Os investidores também acompanham os acontecimentos em Barbados, onde o governo da Venezuela poderá assinar um acordo com a oposição hoje. Se concluído, será uma abertura para os EUA aliviarem as sanções contra o país. O governo americano tem procurado formas de aumentar o fluxo de petróleo para aliviar a inflação, mas qualquer aumento real da produção venezuelana levará tempo devido à falta de investimentos recentes. (Ana Katia + agências)

...

Veja Também