Bom Dia Mercado - BDM
login senha
esqueci minha senha

Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

CCJ vota hoje denúncia contra Temer

Por ROSA RISCALA*

...Tirando a frustração com o sentimento de que a corrupção venceu a decência, na armação ilimitada entre os Poderes, o resto vai bem. Depois que o Senado reconduziu AÉCIO, a CCJ da Câmara deverá aprovar hoje o parecer pelo arquivamento da denúncia contra TEMER. Na agenda dos mercados, DRAGHI (BCE) abre o dia (5h), seguido pelo IGP-10 (8h), IBC-Br (8h30), estoques de petróleo (12h30), Livro Bege (16h) e PIB da China (23h).

... Se a economia chinesa continuar bombando, deve dar o start para novo rali das commodities e da BOVESPA. A bolsa, que pesou com a queda do minério, pode antecipar um resultado positivo da China.

... Ontem à noite, o BC da China previu que o PIB poderia crescer 7% no segundo semestre deste ano, acelerando em relação aos primeiros seis meses, no desafio a projeções generalizadas sobre uma desaceleração.

... Some-se a essa expectativa, o relatório do DoE, que tende a influenciar o petróleo, enquanto no meio da tarde, o desafio é o Livro Bege do FED, que deve confirmar as chances de alta do juro americano em dezembro.

... A aposta de mais um aumento este ano já é consenso em NY, junto com especulações sobre a troca de YELLEN por um nome mais hawkish e a perspectiva de uma política fiscal mais expansionista e inflacionária (abaixo).

... Aqui, o IGP-10 de outubro deve acelerar em relação a setembro (0,39%), com previsões entre 0,30% e 0,79%, mediana de 0,50%, em pesquisa do Broadcast. Mas sem alterar apostas para o COPOM da próxima semana.

... O mercado de JUROS está ajustado para um corte de 75 pontos-base da SELIC, na 4ªF, 25, para 7,50%.

... Outro indicador importante, o IBC-Br, deve recuar 0,30% em agosto, depois da expansão de 0,41% em julho.

TUDO CERTO – Contando com o apoio de Rodrigo MAIA, que encerrou a sessão no plenário da Câmara logo após a aprovação da urgência para o projeto da leniência dos bancos, a CCJ adiantou os trabalhos ontem à noite.

... Vários deputados inscritos para falar deram vazão aos seus argumentos nos debates sobre a denúncia contra TEMER, especialmente os da oposição, porque muitos governistas abriram mão de se manifestar.

... O Planalto acelerou o trâmite, porque quer votar ainda hoje o parecer de Bonifácio ANDRADA (PSDB-MG), que recomenda o arquivamento do processo da PGR, pelos crimes de organização criminosa e obstrução à Justiça.

... TEMER espera conseguir o apoio de 40 deputados, do total de 66 que compõem o colegiado. A sessão na CCJ deve ser iniciada por volta das 9h, mas a votação só deverá ocorrer no final do dia, início da noite.

... Dando tudo certo, a denúncia deverá ser votada no plenário da Câmara já na próxima semana.

UMA MÃO LAVA A OUTRA – Para se livrar de mais esse processo, TEMER conta com o apoio de AÉCIO, que já pode reassumir o seu cargo no Senado, mantido por 44 votos contra 26, na votação desta 3ªF.

... Como escreveu Natuza Nery (GloboNews), no Twitter, AÉCIO deve tudo ao PMDB, que deu a ele 18 votos, e a TEMER, que se envolveu pessoalmente nessas articulações. Agora, é hora de o tucano retribuir o favor.

... Em paralelo, o presidente também se acertou com Rodrigo MAIA, encerrando mais uma crise que ameaçava tumultuar a votação da denúncia. O presidente da Câmara já está de novo aliado do Planalto.

... Foi agradado com o projeto de lei da leniência dos bancos e ainda deve ganhar um afago extra com a troca no comando do BNDES. Segundo o Broadcast, TEMER pode afastar Paulo RABELLO logo após a denúncia.

... RABELLO tem criado muitos problemas com a equipe econômica, prejudicando a “agenda do mercado”, que é tão cara para MAIA. Em pouco tempo de banco, foi contra a TLP e não quer devolver o dinheiro do Tesouro.

... RABELLO é amigo de TEMER, quer ser candidato à presidente e se afastaria em abril, de qualquer modo.

DORIA – Antes de trocar RABELLO, o presidente prometeu ao prefeito de SP, com quem jantou ontem à noite, liberar empréstimo de R$ 1 bilhão do BNDES para um programa de reasfaltamento das ruas da cidade.

... Com queda na aprovação do paulistano, DORIA está preocupado em melhorar a zeladoria de sua gestão. As próximas pesquisas eleitorais podem ser decisivas para definir as chances de sua candidatura em 2018.

LENIÊNCIA DOS BANCOS – Com o requerimento de urgência aprovado, o projeto pode ir ao plenário da Câmara sem passar por comissões temáticas. A expectativa é de que seja votado já nesta 4ªF à tarde.

... O PL, que cria regras para punição de instituições, substitui a MP 784 (caduca no próximo dia 19) e mantém a maior parte das propostas, mas derrubou a multa da CVM de R$ 500 milhões para até R$ 50 milhões.

... Disso, a CVM não gostou e avalia a possibilidade de propor alterações na proposta.

... O novo texto também excluiu a previsão de criação de dois fundos, a cargo do BC e da CVM, para promover a estabilidade do sistema financeiro e o desenvolvimento do mercado mobiliário com recursos das multas.

... Esses recursos integrarão o Orçamento Geral da União para serem aplicados conforme o interesse do governo.

... Outro artigo polêmico, sobre execução de créditos recebidos pelo BC, também foi excluído, porque na visão de alguns parlamentares poderia abrir espaço para uma remuneração maior dos procuradores da instituição.

AGORA VAI? – A operação salvamento de AÉCIO Neves confirmou um esquema tão profissional em Brasília, que vai ter gente sonhando com uma reforma da Previdência, como o governo está prometendo para novembro.

... Mas o que motivou os senadores, nesta 3ªF, foi justamente o que eles podem perder com o apoio a propostas polêmicas, como a da Previdência: o eleitor e o direito inviolável da imunidade (ou impunidade) parlamentar.

... Cada um ali que se arriscou a votar por AÉCIO estava fazendo o hedge no futuro. Teve gente chegando ao Senado de ambulância para votar (BAUER). Foi um risco calculado e necessário. A Previdência não é.

... Nesta 3ªF, pesquisa da ARKO ADVICE na última semana revelou que 78,77% dos parlamentares acreditam que TEMER não conseguirá aprovar a reforma, 16,04% afirmam que sim e 5,19% dizem que não sabem.

... De qualquer modo, as medidas de ajuste ao Orçamento de 2018, que o governo enviará logo após a votação da denúncia, serão um teste. Em especial, aquelas que cortam gastos nas despesas com os servidores.

CAIU, COMPROU - Muito despreocupado com os pregões de queda da bolsa, o investidor sabe que o mercado cai para subir, e aproveita para comprar mais, porque a aposta na tendência de alta é quase uma unanimidade.

... Como resumiu no Broadcast o analista Raphael FIGUEREDO (ELEVEN FINANCIAL), a realização de lucro pontual não muda a visão positiva dos investidores estrangeiros sobre o mercado brasileiro de uma maneira geral.

... Mesmo na mínima intraday (-0,98%), o índice à vista defendeu os 76 mil pontos (76.045), nesta 3ªF. Até o fechamento, desacelerou levemente a queda (-0,90%), para terminar o pregão aos 76.201,25 pontos.

... Hoje, tem vencimento do Índice Futuro (à tarde), que pode ter influenciado para a bolsa ceder à pressão dos players vendidos. Mas, liquidado o jogo, é muito provável que siga em frente com a China.

... Antes do PIB chinês, o minério corrigiu (-0,35%) e ajudou a roubar o fôlego da VALE (ON, -2,3%). A mineradora reúne os acionistas hoje (10h) para continuar o processo de transformar a companhia em capital pulverizado.

... Serão eleitos nesta 4ªF dois conselheiros independentes para a conversão de ações remanescentes em ON.

... No ritmo lento do petróleo (abaixo), PETROBRAS não reagiu à elevação do rating de B1 para Ba3 pela Moody's. PN fechou estável (+0,06%), cotada a R$ 16,13, e ON caiu pouquinho (-0,18%), para R$ 16,61.

VOLATILIDADE NO CÂMBIO – Mesmo revezando-se entre altas e baixas, o DÓLAR não passou de R$ 3,18 na máxima e acabou fechando em queda de 0,31%, aos R$ 3,1627. O fluxo prevaleceu sobre o FED hawkish.

... Apesar de os falcões estarem bem cotados para suceder YELLEN, o que complicaria a vida dos emergentes, a moeda americana tem conseguido resistir abaixo de R$ 3,20, confiando no gradualismo do FED.

... O ingresso de recursos estrangeiros, via captações, IPOs ou balança, ajuda a brigar contra a alta em escala global. Estão para sair emissões do BB (US$ 700 milhões), GERDAU (US$ 650 mi) e AZUL (US$ 500 mi).

... Além disso, as ofertas iniciais de ações (IPO) da BR DISTRIBUIDORA, NEOENERGIA, ALGAR e BURGER KING, junto com as ofertas subsequentes (follow ons) no fim de ano, têm potencial para bater em R$ 20 bilhões.

... Segundo o Broadcast, se essa previsão se confirmar, o período será melhor até do que o mesmo intervalo de 2007, quando as ofertas de ações somaram R$ 13,5 bilhões, no ano conhecido como “boom”.

... Ainda ontem, o que ajudou o câmbio a se apreciar na reta final dos negócios foi a investida do peso mexicano (+1,3%), com a notícia de que as negociações do Nafta serão estendidas até o ano que vem.

DI – O alívio do dólar foi reproduzido de ponta a ponta nos JUROS futuros. Jan/19 caiu para 7,25% (de 7,28%), jan/20 recuou a 8,19% (de 8,24%), jan/21, a 8,92% (de 8,99%), e jan/23 fechou na mínima, a 9,61% (9,71%).

... Os sinais de reconciliação entre TEMER e MAIA também ajudaram a esvaziar os prêmios nos juros futuros.

O HERDEIRO DO FED – TRUMP prometeu anunciar o escolhido “muito em breve”, o que, segundo fonte da Casa Branca, quer dizer até o dia 3 do mês que vem, antes de o presidente viajar para a Ásia.

... TRUMP disse que o próximo presidente do FED está entre os cinco listados como favoritos até agora. Na ala dovish, POWELL e YELLEN (que anda hawkish). Entre os falcões, Kevin WARSH, John TAYLOR e Gary COHN.

... Sites de apostas indicam que POWELL continua na liderança. WARSH, que teria impressionado TRUMP, agora empatou com YELLEN na segunda posição. TAYLOR vem em seguida e COHN aparece na lanterninha.

... Nesta 3ªF, um indicador forte renovou as apostas de que o FED vai agir em dezembro, promovendo a terceira alta do ano. O índice de preços das importações subiu 0,7% na passagem de agosto para setembro.

... Além de ter superado a previsão (+0,6%), registrou o maior avanço mensal desde junho de 2016. O dado deu munição a quem, como YELLEN, vem defendendo o caráter transitório da fraqueza da inflação.

... Na reação direta, subiram os yields dos TREASURIES, com a taxa da Note de dois anos a 1,546%, de 1,542%, e de dez anos a 2,301%, de 2,295%. No câmbio, o DÓLAR derrubou o IENE (112,22/US$) e o EURO (US$ 1,1771).

WALL STREET – Poucos meses depois de ter superado os 22 mil pontos, o DOW Jones escreveu ontem mais uma marca na história, batendo 23 mil. Embora não tenha bancado até o fim do pregão, fechou a um triz disso.

... Em alta de 0,18%, aos 22.997,44 pontos, o índice da NYSE renovou sua máxima histórica. De novo, não esteve sozinho. Também o S&P 500 (+0,07%) marcou recorde (2.559,36 pontos), com destaque para o setor de saúde.

... Além de o balanço da UNITEDHEALTH (+5,93%) ter animado, o comentário de TRUMP favorável a um acordo bipartidário de reforma de saúde valorizou outras seguradoras (AETNA, +2,95%, e CIGNA, +1,19%).

... Já o Nasdaq (-0,01%, 6.623,66 pontos) foi inibido pela realização da NETFLIX (-1,58%), com rali de 60% no ano.

PETRÓLEO – Na véspera dos estoques do DoE (12h30), os riscos geopolíticos (conflito no Iraque, acordo nuclear do Irã e ameaças da Coreia) impediram a commodity de cair e mantiveram o barril perto da estabilidade.

... Na NYMEX, o WTI (+0,02%) fechou a US$ 51,88 e, na ICE, o BRENT registrou leve alta (+0,10%), a US$ 57,88.

... Ontem à noite, o API informou queda de 7,1 milhões de barris na semana passada nas reservas americanas.

MAIS TRUMP – Em discurso ontem à noite, disse que a repatriação de lucros no exterior poderá ultrapassar os US$ 3 trilhões e pediu aos americanos para pressionarem o Congresso a aprovar a reforma tributária.

MAIS AGENDA – Além do Livro Bege, o discurso de dois FED boys (10h) testa a força dos falcões. Com poder de voto, falam William DUDLEY e Robert KAPLAN, que ontem considerou “apropriadas” novas elevações do juro.

... Entre os indicadores, as construções de moradias em setembro (10h30) têm previsão de queda de 0,8%.

BALANÇOS – O dia reserva AMEX (sem horário), além de ALCOA, EBAY e BHP BILLITON, após o fechamento.

... Ontem à noite, o resultado da IBM fez sucesso no after hours, com arrancada de 5,60% nas ações.

DRAGHI – Fala à primeira hora do dia (5h10), depois de recentemente ter sugerido que o QE ainda vai longe.

CHINA – Começou o Congresso do Partido Comunista, que deve durar uma semana. No início da madrugada brasileira, o presidente chinês disse que o governo de Pequim vai aprofundar as reformas no câmbio e juro.

EM TEMPO... Equipe econômica quer transformar a CEF em sociedade anônima, apurou o Broadcast...

... No mercado, a investida é interpretada como primeiro passo para mais uma privatização do governo TEMER...

... O assunto pode ser votado hoje, durante a reunião do conselho de administração do banco...

... Porém, informações de bastidores indicam que ainda faltam alguns pareceres técnicos para analisar a questão.

BANCOS PRIVADOS. Fitch realizou teste de estresse e constatou que capital das instituições continua adequado.

JBS vai paralisar, a partir de hoje, as atividades de suas sete unidades de carne de bovina em Mato Grosso do Sul.

CADE faz reunião (10h) e tende a reprovar compra da Mataboi pela JBF, empresa do irmão mais velho de Joesley.

MARFRIG GLOBAL FOODS. S&P revisou de positiva para estável perspectiva do rating em moeda estrangeira B+.

BRF informou que a Standard Life Aberdeen PLC reduziu a sua participação na companhia para 4,99%.

PETROBRAS foi intimada sobre liminar que suspende venda de fatia na área de Iara e campo de Lapa à Total.

COSAN. A S&P reafirmou o rating de longo prazo e em escala global em BB, com perspectiva negativa.

RENOVA ENERGIA. Terminou prazo de exclusividade na negociação para um aporte de recursos pela Brookfield.

EZTEC. Lançamentos somaram VGV de R$ 793 milhões no 3T. Não houve lançamento no mesmo período/16.

RODOBENS. Vendas líquidas somaram R$ 53 milhões no 3T, queda de 48,5% contra o mesmo período de 2016.

WILSON SONS assinou com o BNDES financiamento de até US$ 8 milhões para manutenção de rebocadores.

RUMO informou que BlackRock atingiu participação de 5,09% no total de ações ON da companhia.

EMBRAER. Pior queda do dia na bolsa, a ação perdeu 5,41%, antecipando a concorrência mais acirrada...

... Reagiu à decisão da BOMBARDIER de vender fatia importante de negócios com aviação comercial à Airbus.

MAGAZINE LUIZA (ON, -7,94%) e a B2W (ON, -5,9%) continuaram sentindo o “efeito AMAZON”.

CARREFOUR BRASIL divulga antes da abertura dos mercados as vendas no 3T.

Aos assinantes do BDM, Bom Dia e Bons Negócios!


AVISO - BOM DIA MERCADO, produzido pela Mídia Briefing, não pode ser copiado e/ou retransmitido. Está disponível para assinaturas aos usuários do Broadcast, do Valor PRO e no bomdiamercado.com.br.