Sem categoria

Dólar cede e limita alta dos juros futuros, com investidor de olho no fiscal

Atualizado 30/10/2023 às 09:59:55

[30/10/23] Da Redação do Bom Dia Mercado

Em meio à disputa da Ptax do fim do mês, o dólar cede na abertura, em linha com o exterior, a R$ 4,9980 (-0,30%), o que ajuda a limitar alta dos juros futuros, com o investidor aguardando coletiva de Haddad, logo mais, após fala de Lula sobre a meta na 6ªF. O comentário do presidente provocou alta forte das taxas dos DIs e do dólar na sessão anterior, em um cenário já incerto com a guerra. Os rendimentos dos Treasuries hoje sobem, com o da Note de 10 anos a 4,90380%, de 4,83880%.

Mais cedo, o Focus subiu a projeção da inflação em 2024 e a da Selic em 2024 e 2025. No exterior, a semana é quente de decisões e dados, como o payroll. O DXY cede 0,12% (106,426), mantendo-se perto da máxima antes das reuniões do Fed, do BoE e do BoJ.

A moeda tem sido ajudada pela força econômica dos EUA, mesmo após tanto aperto. Números recentes de gastos e crescimento podem fazer o Fed sinalizar mais duramente taxas mais altas por mais tempo, apesar da expectativa de juros inalterados. Do BoJ, espera-se mudança na política ultrafrouxa em meio à inflação elevada e iene fraco.

No Reino Unido, a preocupação é com a recessão já que a inflação (6,7%) de setembro foi a mais elevada entre as principais economias do mundo. (Ana Katia)

Compartilhe:


Veja mais sobre:


Veja Também