Sem categoria

Dólar cai alinhado aos emergentes e juros acompanham moeda e Treasuries

Atualizado 22/09/2023 às 09:35:21

O dólar cai na abertura, a R$ 4,9170 (-0,37%), alinhado aos emergentes, em meio à alta das commodities. Os juros futuros abriram em queda acompanhando a moeda e os rendimento dos Treasuries, que recuam após a taxa da Note de 10 anos atingir 4,5%, o nível mais alto desde 2007, na esteira dos dados trabalhistas reportados ontem.

Os mercados continuam preocupados com os juros altos por mais tempo nos EUA, o que derruba moedas fortes e eleva o DXY a 105,533 pontos (+0,16%). O dólar sobe +0,46% ante o iene, que cai para perto das mínimas de 10 meses depois que o BoJ manteve sua política ultra-dovish. No Brasil, a sessão é de agenda fraca e o foco se volta à ata do Copom na próxima semana.

O presidente do Carf, Carlos Higino Ribeiro de Alencar, afirmou ao Estadão que a previsão de arrecadação de R$ 54,7 bilhões do governo com julgamentos no órgão será obtida “com tranquilidade”. A arrecadação corresponde a um terço dos R$ 168 bilhões de aumento de que o governo precisa, até o fim de 2024, para alcançar a meta de zerar o déficit nas contas públicas. À tarde, o Planejamento divulga o relatório de receitas e despesas do 4º bimestre. (Ana Katia)

Compartilhe:


Veja mais sobre:


Veja Também