Giro dos Mercados

Bolsas seguem em queda e juros e dólar sobem sob impacto do Fed

Atualizado 21/09/2023 às 14:57:49

A aversão ao risco provocada pelo tom mais agressivo do Fed ontem prossegue nesta tarde, pressionando bolsas, dólar e juros. Os dados de auxílio-desemprego nos EUA divulgados hoje, no menor patamar desde janeiro, corroboraram a postura hawkish do BC americano. O Dow Jones cai 0,45%, o S&P 500 recua 0,93% e o Nasdaq cede 1,03%.

Os retornos dos Treasuries sobem em sua maioria. O da T-note de 2 anos, que ontem deu uma forte esticada a 5,18%, recua a 5,14% hoje. A perspectiva de juro alto por mais tempo nos EUA eleva o índice dólar (+0,18%, a 105,313), com ajuda da queda da libra (-0,33%, a US$ 1,23) após a surpresa do BoE, que manteve o juro básico em 5,25% hoje, ante expectativa de mais um aumento de taxa.

Por aqui, o mercado também está às voltas com o comunicado do Copom, que chamou atenção para os riscos fiscais, algo que a fraca arrecadação de agosto divulgada hoje só reforça. A curva dos DIs ganha inclinação com as taxas mais longas subindo 0,12pp. O dólar segue o exterior e tem forte alta de 0,81%, a R$ 4,9195. Com apenas dez papéis em alta neste momento, o Ibovespa cai 1,48%, a 116.942,21 pontos. (Ana Conceição)

...

Veja Também