Ásia

Ásia cai com juros nos EUA e tensão aumentando na guerra; minério recua mais de 3%

Atualizado 20/10/2023 às 07:11:38

As principais bolsas asiáticas voltaram a cair em bloco, seguindo o fechamento negativo de NY após Jerome Powell deixar a porta aberta para mais altas de juros e com cautela extra ante o recrudescimento das tensões no Oriente Médio, antes do fim de semana em que Israel poderia invadir a Faixa de Gaza.

Nesta sexta, como esperado, o Banco do Povo da China (PBoC) manteve inalteradas as suas principais taxas de juros de 1 e 5 anos. Em Dalian, o minério de ferro caiu 3,17%, e a cotação caía na mesma proporção em Cingapura.

Com o estresse da guerra, a turbulência dos juros, restrição dos EUA a vendas de supercondutores e a fraqueza do setor imobiliário chinês, as bolsas de Xangai, Hong Kong e Tóquio encerraram a semana com perdas de mais de 3%, mesmo após os números positivos da economia da China divulgados na terça. (Lucia Boldrini + agências)

Confira os índices no fechamento 👇

▪️ Tóquio — Nikkei: -0,54%
▪️ Hong Kong — Hang Seng: -0,72%
▪️ Taiwan — Taiex: -0,07%
▪️ Coreia — Kospi: -1,69%
▪️ China — Xangai: -0,74%
▪️ China — Shenzhen: -0,96%

...

Veja Também