Giro dos Mercados

Apoiado pelas commodities, Ibovespa se decola do medo do aperto monetário prolongado que domina NY

Atualizado 17/10/2023 às 11:59:40

O Ibovespa zerou perdas após oscilar entre a alta das commodities, que apoia ações de peso, e a aversão ao risco que domina NY após dados apontarem para juros mais altos por mais tempo e até mesmo para um aperto extra, apesar das repetidas falas contrárias de membros do Fed nos últimos dias.

Há pouco o índice paulista subia 0,11% (116.667,17) e, em Wall Street, Dow perde -0,21%; o S&P -0,25% e Nasdaq -0,44%, enquanto os rendimentos dos Treasuries renovam máximas com o varejo americano sugerindo demanda doméstica forte e a produção industrial do país sinalizando estabilidade. Próximos ou nas máximas de 16 anos, o retorno da Note de 2 anos sobe a 5,190% (+8pb), e o da Note de 10 anos a 4,834% (+12p), o que deixa os juros futuros domésticos na contramão do dólar.

A moeda americana oscilou muito pela manhã e há pouco cedia a R$ 5,0253 (-0,24%). O DXY cai 0,05% (106,192). Os investidores também seguem de perto os acontecimentos geopolíticos, com Joe Biden viajando a Israel amanhã. (Ana Katia)

...

Veja Também